POMPOAR E SAÚDE





POMPOAR:
Um presente para a saúde de mãe para filha


Há várias gerações, as mulheres orientais praticam o pompoarismo como forma de cuidar da saúde. Desde cedo, as mães ensinam às suas filhas como ativar a musculatura pélvica para tonificar os órgãos dos aparelhos genitais e urinário e prepará-las para o trabalho de parto e uma vida sexual saudáveis.

Através destes exercícios, a circulação sanguínea do baixo ventre é ativada, os órgãos são massageados, melhorando o funcionamento de todo organismo. Os ovários, ativados pelos movimentos do pompoar começam a funcionar com maior harmonia, regulando a produção hormonal.

Estes são alguns dos seguintes benefícios da prática do pompoar:

  • Auxílio no tratamento e prevenção de prolapso de útero e reto. 
  • Redução das cólicas menstruais. 
  • Eleva a autoestima 
  • Promove mais sensibilidade e prazer no ato sexual. 

Através do pompoar e de todas as vivências que integram nossa programação, você descobrirá modos simples de cuidar melhor da saúde do seu corpo físico e emocional. Quem ama, cuida... ame-se cada vez mais!!!!


IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO PERINEAL


Hoje em dia é comum encontrar aulas teóricas, vídeos e livros sobre o pompoar, que indicam os exercícios básicos e divulgam os benefícios desta técnica. Entretanto, a realização inadequada de alguns destes exercícios pode comprometer a saúde dos órgãos pélvicos como a bexiga. Além disto, é importante conhecer o estado de tonificação da musculatura pélvica para descobrir quais movimentos do pompoar podem ser realizados de imediato e quais precisam de preparação antecipada para serem efetuados com sucesso. Esta avaliação do assoalho pélvico deve ser feita por um profissional de fisioterapia especializado em uroginecologia.
Flacidez ou rigidez do assoalho pélvico, dificultam e, em casos mais graves, impossibilitam a realização de alguns movimentos do pompoar. Somente um profissional da área de fisioterapia uroginecológica pode orientar para solução destes problemas. Por isto, uma avaliação perineal contribui intensamente para quem deseja iniciar-se nos "mistérios" do pompoarismo.
Na semana anterior à vivência Dança das Pérolas, as mulheres inscritas terão acesso gratuito à avaliação perineal com a fisioterapeuta de nossa equipe. Esta avaliação perineal nos permite elaborar um programa mais dirigido à condição física das participantes, possibilitando a escolha dos movimentos do pompoarismo aos quais estarão aptas para praticar no dia do curso e quais conseguirão realizar posteriormente, com treino regular. Exercícios de preparação podem ser prescritos para sejam realizados em casa antes do curso, afim de que a musculatura pélvica esteja mais tonificada para os movimentos básicos desta técnica.
Aproveite esta grande oportunidade de conhecer melhor o seu corpo e prepará-lo para iniciar a prática do pompoarismo, favorecendo a saúde física e seu relacionamento íntimo!



PROTEGENDO-SE CONTRA A INFECÇÃO URINÁRIA


O aparelho urinário está intimamente relacionado aos órgãos genitais femininos. A presença de microorganismos no trato urinário pode causar infecções que corre o risco de se espalhar para outros órgãos do sistema urogenital, caso haja uma manipulação mais intensa na vagina e órgãos sexuais externo. Por isto, é importante prevenir-se contra a infecção urinária antes de iniciar a prática do pompoarismo.
Para garantir condições perfeitas de sua saúde no dia da vivência Dança das Pérolas, solicitamos a apresentação de um sumário de urina recente.
A infecção urinária ocorre com a proliferação no trato urinário de alguns microorganismos que podem ser vírus, fungos, bactérias.  Sintomas: dor ou ardência ao urinar, dificuldade ou urgência para urinar, aumento da freqüência urinária mesmo a pequenos volumes, urina de mau cheiro e cor opaca.  Vejamos algumas dicas para prevenir:

- Beber bastante água.
- Evitar ficar longos períodos sem urinar.
- Limpar-se de frente para trás após defecar.
- Lavar a região perianal após as evacuações.
- Evitar diafragma, espermicidas e chuveirinho.
-Ter cuidado com uso de absorventes internos.
- Evitar roupas íntimas de tecido sintético.
- Evitar roupar justas e jeans.
- Evitar uso indiscriminado de antibióticos.

Proteja-se contra a infecção urinária e aproveite em segurança os benefícios do pompoar!



POMPOAR E MATERNIDADE
Antes, durante e depois!


A prática do pompoar durante uma gestação saudável é possível e até mesmo recomendável!
No ociente o prompoarismo foi mais difundido pelos seus benefícios para a vida sexual dos casais. Entretanto, no oriente, os exercícios de contração perineal a séculos são incentivados pelas mães como forma de preparar suas filhas para a vivência saudável do processo de gestação e parto, mantendo a integridade do assoalho pélvico antes, durante e após o nascimento do bebê.
Atualmente, muitas mulheres recorrem ao parto cesáreo por medo da dor e da flacidez vaginal, que acreditam serem provocadas apenas pelo parto normal. O medo do parto normal em nossa sociedade, muitas vezes é potencializado pelo desconhecimento do próprio corpo!
A prática do pompoar antes do início da gestação favorece o desenvolvimento da consciência corporal necessária no momento do parto, pois permite que a mulher identifique as sensações da contração e relaxamento da musculatura vaginal e dos outros músculos auxiliares do assoalho pélvico. Alguns exercícios do pompoarismo também permitem que a mulher se familiarize com os movimentos de expulsão, que facilitarão a passagem ao bebê. O controle da respiração atua no processo de oxigenação dos músculos e contribui para o controle emocional para atravessar um momento tão significativo na sua vida e na vida de seu bebê.
Para as mulheres que sofreram a episiotomia durante o parto vaginal, a fisioterapeuta Débora Pádua (autora do livro Prazer em conhecer) recomenda o início dos exercícios perineais o mais rápido possível, “para que as fibras que não foram lesadas sejam estimuladas a substituir as que foram”. A autora informa que este processo de reparação natural através dos exercícios é chamado de plasticidade neural.
Independentemente do tipo de parto, a gestação é um período de grandes transformações no corpo feminino. Os hormônios da gravidez e o peso corporal, que aumenta significativamente com o crescimento do feto e o acúmulo de gordura para amamentação, podem provocar mudanças significativas nos músculos do assoalho pélvico. Caso a mulher sofra de prisão de ventre – o que é muito comum durante a gestação – a pressão sofrida pelos músculos perineais pode trazer conseqüências indesejáveis, como a incontinência urinária.  
Passando por uma avaliação com o seu obstetra, para verificar o estado geral da saúde de seu corpo e do seu bebê, você pode começar a prática do pompoarismo, tomando duas importantes precauções:
A primeira consiste em não utilizar acessórios que contém chumbo, como as bolas de ben-wa e os cones. Estes objetos podem ser substituídos pelas bolinhas tailandesas de diversos tamanhos e por dildos de látex.
Abster-se de realizar movimentos de sucção e contração da região mais próxima ao colo uterino é a segunda precaução. Neste caso, as contrações serão realizadas pelos músculos superficiais do diafragma pélvico, através de exercícios específicos.
A prática do pompoar pode ajuda-la a vivenciar a fase de gestação e parto com maior consciência do próprio corpo, liberando temores desnecessários. Estes cuidados podem auxiliar a mulher a atravessar a bela fase da gestação em harmonia, preservando (e até mesmo potencializando) a capacidade de vivenciar o prazer com o parceiro antes, durante e após a gravidez.












Nenhum comentário:

Postar um comentário